Ir para o Topo

1 de outubro de 2016

Olhos bem abertos na floresta

A Coca-Cola Brasil, em parceria com a ONG Imaflora, está com os “Olhos na Floresta”, um programa de agricultura familiar que tem como objetivo promover a inclusão social, por meio da geração de renda, e preservar a cadeia de cultivo do guaraná na Amazônia. Até 2020 serão beneficiadas 350 famílias amazonenses que produzem o guaraná comprado pela empresa.

Os agricultores estão recebendo apoio técnico para adotar os Sistemas Agroflorestais (SAFs), modelo alternativo de produção que combina culturas agrícolas e espécies florestais em um mesmo espaço, transformando áreas degradadas em férteis. O guaraná do Amazonas também será certificado, com a adoção de controle e rastreabilidade ao longo de toda a cadeia, do plantio até o produto final.

Estão previstas ainda ações, em parceria com o Imaflora, de estímulo a formas de organização social, construção dos referenciais técnicos para agricultura familiar e do guaraná, em oficinas e workshops, práticas de manejo agroecológico e estímulo à preservação da biodiversidade, além da atuação para o desenvolvimento de uma cadeia de preço justo e transparente.

Para os agricultores, o programa aumenta a geração de renda ao diminuir a dependência de uma só cultura, fortalecendo sua permanência no campo. Isso porque, nas agroflorestas, o cultivo de plantas de diferentes características estimula a recuperação natural do bioma, preparando o ambiente para outras espécies, como bananeiras, palmeiras e árvores, num ciclo de vida que impacta diretamente a conservação do solo e de microbacias. Com o tempo, animais e microrganismos voltam a essas áreas, aumentando a diversidade de espécies. É a floresta do futuro.

© Revista Nós - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de textos e imagens sem prévia autorização.